Nova moda do UBER

Conversando com umas amigas descobri a febre do momento entre as meninas: o UBER. Muito além de um mero aplicativo para serviço de motorista particular, tem sido o alibi perfeito para as compromissadas que tem amante e passam pelo constrangimento de sair do carro de outro homem. A satisfação de poder ser deixada por ele na porta de casa, sem precisar esconder-se,  sem ser julgada pelos vizinhos e, muitas das vezes, ter o seu namorado, noivo ou marido  abrindo a porta do carro do seu amante, para você sair: não tem preço ─ é o êxtase do crime prefeito. Para mim, que por minha fidelidade, cumplicidade e amor ao meu corninho, procuro sempre preserva-lo de comentários maldosos de vizinhos que me vem saindo de carros de outros homens. E a alegação ─ nunca justificativa ─ de que é apenas um serviço do UBER se ajusta sobre medida em nosso dia a dia. Quando em um momento de alegria disse a elas que contaria pro meu maridinho que esta seria a solução para nossos problemas, fui fulminada por olhares silenciosos, como que se revelasse os segredos de uma confraria secreta. Tive que então, revelar em troca nosso segredo e dizer que meu marido é um corninho manso, fiel e obediente e que desde que começamos a namorar eu adestro desta forma. Os olhares antes de repreensão deram lugar a uma inveja velada, de quem precisa enganar a pessoa que ama para poder se aventurar. Ser Rainha de Espadas não é para qualquer mulher. Apenas sorri. 

Comentários

Postagens mais visitadas