esposa cavalgando pau de amigos Escritor: cobal

esposa cavalgando pau de amigos



Olá, chamo-me Cobal. Minha esposa, Lara, é linda. 35 anos, 3 filhos e corpo de dar inveja as garotinhas: loira, cabelos lisos, pernas torneadas, bunda alucinante e bucetinha apertadíssima ( sempre fez Cesária ). Tipo mignon... Tínhamos diversas discussões sobre como apimentar nosso já rotineiro relacionamento de 15 anos de casado. Sempre fomos fiéis aos nosso compromisso e não conhecíamos o prazer da infidelidade partilhada e consentida do marido cornão... pelo menos até semana passada ( 10 de maio )!!!
Após muito insistir, fiz Lara topar uma loucura: transar com amigos PQDs do quartel em que sirvo como 1 sgt. Escolhi os mais avantajados ( = 20 cm ) e melhor dispostos clinicamente ( saudáveis, sem vícios e sem homossexualismo ). Três foram selecionados e apresentados de forma discreta à minha esposa numa reunião de aniversário de amigo em comum. Aprovados no ato, segui o roteiro de convidá-los a um churrasco em minha casinha no Irajá, estrategicamente dotada de piscina, onde minha esposa pode exibir as belas formas em minúsculo biquíni. Alcoolizamos nossos amigos para nos sentir mais à vontade e pusemos o plano em prática: minha Esposinha retirou seu biquíni e passou a deslizar suavemente entre nós, sorrindo maliciosamente e deleitando-se de ver os membros enrijecerem. Um dos amigos mais afoitos pediu permissão para tocá-la, o que foi logo concedida por mim e estendida a todos os amigos... pronto iniciou-se o bacanal. Minha esposa foi alisada e chupada, inicialmente com carinho, mas logo sodomizada pelos vorazes companheiros. E ela gemia, arfava, gozava sem ter sido ainda penetrada. Rambo, o mais avantajado ( 28 x 6 cm, medidos na trena por mim - confesso que senti tesão ao tocá-lo... mas ainda é cedo para eu querer liberar meu cuzinho virgem ), foi o primeiro a penetrá-la e sem cerimônia esgarçou a bucetinha, deixando as lágrimas escorrerem pelo rosto todo melado de baba de pica da minha Esposinha. Mas o tesão venceu, logo ela cavalgava-o com força fazendo o machão gozar fundo em seu útero carente.    Me deu inveja do pauzão dele ( sou normal, 20x6 cm ), mas continuando a saga, minha devassa esposa chupava dois outros machos e pedia mais pau em sua buceta. Feliciano, Cb velho, 40 anos, vivido e dotado ( 23 x 8 cm - uma tora de pau, também por mim medido ), "negão vagabundo, arromba tua cadela" gritava ela enlouquecida, enquanto tomava uma varada de quatro.   Novo gozo, muito longo e bem aproveitado pelo útero de minha esposa. Por fim, Capanema, Taifeiro-Mor, com uma tora proporcional à minha fez a alegria de minha esposa: ele é viciado em cuzinho quente, tendo paciência no preparo como fosse uma bela refeição de general...    Passou mais de 30 minutos engatado com o rabo de Lara, fazendo ela gozar mais de 3 vezes. No momento do gozo, tirou o pau melado de merda ( ela não tem costume de levar no cú ), me oferecendo para limpá-lo - o que prontamente atendi com toalha e sabão líquido, enquanto manipulava a verga, lavando-o, toquei uma bronha pro amigão que retribuiu dando gozadas em jatos no meu rosto, logo lambido pela putinha da Lara, que aproveitou o cú arrombado para conhecer o pauzão do Rambo (incrível como ela o agasalhou inteiro ) que gozou forte dentro de suas entranhas.
Ficamos felizes em recebe-los em nossa intimidade, retomamos com tesão nossas fodas e combinamos que chamaremos um garotão de programa bem dotado para experimentarmos juntos dar nossos cuzinhos, o que será o máximo... até breve.

Comentários

Postagens mais visitadas